Remédios para Próstata Aumentada: Efeitos Colaterais

hiperplasia prostatica benigna hpb - tratamento com neumaier urologia

Remédios para Próstata Aumentada: Efeitos Colaterais. Como é difícil ter que usar um medicamento, especialmente quando pode ser para o resto da vida… 

Vejo com frequência homens tentando fugir de qualquer remédio, procurando alternativas “saudáveis”, como produtos naturais.

A próstata aumentada (ou Hiperplasia prostática benigna – HPB) é uma condição muito comum. Afeta até 70% dos homens e muitos desses vão desenvolver algum tipo de sintoma para urinar, que afeta a qualidade de vida. 

Os sintomas mais comuns são jato da urina mais fraco, esvaziamento incompleto da bexiga, gotejamento terminal, sensação de não ter esvaziado a bexiga e até acordar a noite várias vezes. 

Isso afeta demais a qualidade de vida, mesmo que você nem tenha notado! É mesmo, os sintomas surgem lentamente e você nem nota o por quê está tão cansado, 

Para entender como a próstata afeta a urina, tenha em mente que a próstata é um túnel, por onde passa a urina. Então se a próstata cresce, ela pode obstruir o canal da urina, causando os sintomas.

O tratamento inicial é com medicamentos que relaxam a próstata, melhorando a vazão da urina, mas que podem ter alguns efeitos colaterais indesejados. 

Situações com remédios para Próstata Aumentada

Existem 2 tipos de medicamentos para o tratamento da HPB, um deles é um alfa-bloqueador (como a doxazosina ou tansulosina). O objetivo é relaxar a próstata, aumentando a vazão da urina.

O efeito colateral mais comum é a tontura, que ocorre com maior frequência no início do tratamento e é pelo fato de o medicamento baixar a pressão. Existem opções de remédios que têm menor efeito na pressão e podem ser uma opção melhor em muitos casos. 

Outro efeito colateral é a ejaculação retrógrada, ou seja, é uma ejaculação seca. Ocorre em até 10% dos homens que usam a tansulosina. Esse efeito colateral desaparece quando se suspende o uso do medicamento.

Outra classe de medicamento para a HPB é chamada de bloqueador de 5-alfa redutase (finasterida e dutasterida). O objetivo deste medicamento é reduzir o tamanho da próstata. Porém, esse efeito pode levar até 6 meses para ter eficiência máxima.

O efeito colateral mais comum da finasterida ou dutasterida é a redução da libido. Alguns precisam suspender o uso por esse problema. 

Medicamentos para a próstata aumentada não são isentos de efeitos colaterais. O importante é saber quais são, e em alguns casos, é possível optar por realizar um procedimento que retira a parte da próstata que cresceu.

Quando você faz o procedimento, não é preciso mais usar qualquer remédio para a próstata.

A próstata não precisa ser um problema. 

Marque sua consulta com o Dr. Mark Neumaier

O Dr. Mark Neumaier é o mais recomendado Urologista de Curitiba, de acordo com as plataformas Google Places e Doctoralia. É Médico, especialista em Urologia e Cirurgia Geral, Mestre em Ciências da Saúde, Líder da Cirurgia Robótica no Hospital Marcelino Champagnat e Professor da cadeira de Urologia na faculdade de Medicina da PUC-Pr. Tem mais de 15 anos de experiência clínica e mais de 2000 cirurgias realizadas com sucesso.

Marque sua consulta e conte com o melhor tratamento e orientação para a Hiperplasia Prostática Benigna – reduzindo ou até mesmo eliminando os efeitos colaterais de medicamentos.

Outros artigos

hiperplasia prostatica benigna hpb - tratamento com neumaier urologia

Próstata Aumentada: Remédios e Efeitos Colaterais. Como funciona a relação entre remédios para o HPB e seus efeitos colaterais? Veja aqui

Remédios para Próstata Aumentada: Efeitos Colaterais. Como é difícil ter que usar um medicamento, especialmente quando pode ser para o resto da vida… 

Vejo com frequência homens tentando fugir de qualquer remédio, procurando alternativas “saudáveis”, como produtos naturais.

A próstata aumentada (ou Hiperplasia prostática benigna – HPB) é uma condição muito comum. Afeta até 70% dos homens e muitos desses vão desenvolver algum tipo de sintoma para urinar, que afeta a qualidade de vida. 

Os sintomas mais comuns são jato da urina mais fraco, esvaziamento incompleto da bexiga, gotejamento terminal, sensação de não ter esvaziado a bexiga e até acordar a noite várias vezes. 

Isso afeta demais a qualidade de vida, mesmo que você nem tenha notado! É mesmo, os sintomas surgem lentamente e você nem nota o por quê está tão cansado, 

Para entender como a próstata afeta a urina, tenha em mente que a próstata é um túnel, por onde passa a urina. Então se a próstata cresce, ela pode obstruir o canal da urina, causando os sintomas.

O tratamento inicial é com medicamentos que relaxam a próstata, melhorando a vazão da urina, mas que podem ter alguns efeitos colaterais indesejados. 

Situações com remédios para Próstata Aumentada

Existem 2 tipos de medicamentos para o tratamento da HPB, um deles é um alfa-bloqueador (como a doxazosina ou tansulosina). O objetivo é relaxar a próstata, aumentando a vazão da urina.

O efeito colateral mais comum é a tontura, que ocorre com maior frequência no início do tratamento e é pelo fato de o medicamento baixar a pressão. Existem opções de remédios que têm menor efeito na pressão e podem ser uma opção melhor em muitos casos. 

Outro efeito colateral é a ejaculação retrógrada, ou seja, é uma ejaculação seca. Ocorre em até 10% dos homens que usam a tansulosina. Esse efeito colateral desaparece quando se suspende o uso do medicamento.

Outra classe de medicamento para a HPB é chamada de bloqueador de 5-alfa redutase (finasterida e dutasterida). O objetivo deste medicamento é reduzir o tamanho da próstata. Porém, esse efeito pode levar até 6 meses para ter eficiência máxima.

O efeito colateral mais comum da finasterida ou dutasterida é a redução da libido. Alguns precisam suspender o uso por esse problema. 

Medicamentos para a próstata aumentada não são isentos de efeitos colaterais. O importante é saber quais são, e em alguns casos, é possível optar por realizar um procedimento que retira a parte da próstata que cresceu.

Quando você faz o procedimento, não é preciso mais usar qualquer remédio para a próstata.

A próstata não precisa ser um problema. 

Marque sua consulta com o Dr. Mark Neumaier

O Dr. Mark Neumaier é o mais recomendado Urologista de Curitiba, de acordo com as plataformas Google Places e Doctoralia. É Médico, especialista em Urologia e Cirurgia Geral, Mestre em Ciências da Saúde, Líder da Cirurgia Robótica no Hospital Marcelino Champagnat e Professor da cadeira de Urologia na faculdade de Medicina da PUC-Pr. Tem mais de 15 anos de experiência clínica e mais de 2000 cirurgias realizadas com sucesso.

Marque sua consulta e conte com o melhor tratamento e orientação para a Hiperplasia Prostática Benigna – reduzindo ou até mesmo eliminando os efeitos colaterais de medicamentos.

Fale comigo

Por favor, descreva o motivo de seu contato. Caso necessite de uma consulta, faça uma breve descrição dos sintomas que lhe incomodam.