Disfunção Erétil

A Disfunção Erétil, também conhecida como Impotência Sexual, ocorre quando o homem, por diversos motivos, não consegue ter ereção suficiente para manter uma relação sexual satisfatória tanto para ele mesmo quanto para a/o parceira/o. O bloqueio pode prejudicar a ereção em qualquer etapa do funcionamento: no estímulo sexual, na liberação de substâncias químicas por meio dos nervos ou no fornecimento de sangue para o pênis.
Disfuncao Eretil em Curitiba - Mark Neumaier Urologia em Curitiba

Fatores de risco

Pode acontecer por causa do uso de certos medicamentos, após determinadas cirurgias ou por doenças cardiovasculares, neurológicas, endocrinológicas e metabólicas, assim como por problemas psicológicos. Fatores como diabetes, pressão alta, colesterol alto, sedentarismo, vício em tabaco, ansiedade e estresse também são de risco para o indivíduo. A idade é um fator que pode ser negativo. O grupo de maior risco é composto por homens maiores de 40 anos, sendo que, nessa faixa etária, a incidência de algum grau de Disfunção Erétil é de 50%.

Sintomas

A própria dificuldade de manter uma ereção já é um sintoma. Com isso, o homem tem a qualidade de vida afetada e, em alguns casos, pode levar à depressão. Na maioria das vezes, o relacionamento amoroso é prejudicado, principalmente se a pessoa levar muito tempo para procurar ajuda médica.

Prevenção

É importante fazer o controle de doenças por meio de tratamentos indicados pelos especialistas. Além disso, manter hábitos saudáveis, como alimentação equilibrada e prática de exercícios físicos, ajuda a reduzir a ansiedade e o estresse. Evitar o tabagismo é altamente recomendado, inclusive.

Tratamentos

O melhor tratamento será indicado em consulta com Urologista, levando em consideração os aspectos de cada caso. As soluções podem incluir terapia psicológica, uso de medicamentos, injeções ou cirurgia para implante de prótese peniana.

Fale mais sobre
Disfunção Erétil

Perguntas frequentes

Marque seu atendimento

Você gostaria de tirar dúvidas ou até mesmo pedir uma segunda opinião sobre o seu caso? Envie seu caso e entrarei em contato.

Fale comigo

Por favor, descreva o motivo de seu contato. Caso necessite de uma consulta, faça uma breve descrição dos sintomas que lhe incomodam.