Câncer de Pênis

O câncer de pênis nos países desenvolvidos é uma doença rara, costuma atingir homens a partir dos 50 anos, embora possa atingir homens mais jovens também. Geralmente está relacionado a condições socioeconômicas precárias adicionadas à má higiene íntima, e homens que não fizeram a circuncisão (remoção do prepúcio – pele que reveste a glande).
Cálculo Urinário

Fatores de risco

Segundo pesquisa feita pela Sociedade Brasileira de Urologia, mesmo que a maioria dos casos de câncer de pênis sejam tratados em São Paulo, a maioria dos pacientes veio do Norte ou Nordeste. São fatores de risco: – Fimose impedindo a exposição da glande. – Acúmulo de esmegma. – Higiene local precária. – Falta de informação.

Sintomas

Geralmente o primeiro sinal é uma ferida avermelhada que não cicatriza, ou um pequeno nódulo na glande, no prepúcio ou no corpo do pênis. Inicialmente não causa dor, o que retarda o diagnóstico.

Prevenção

– Higiene diária com água e sabão. – Cirurgia de fimose. – Uso de preservativo nas relações sexuais.

Tratamentos

Nas lesões iniciais, o tumor e uma parte do tecido podem ser removidos por uma cirurgia ou ressecção à laser. O objetivo é sempre manter a maior quantidade possível de tecido peniano. A remoção completa do pênis ou gânglios acontece apenas em casos muito avançados.

Fale mais sobre
Câncer de Pênis

Entrevista do Dr. Mark Neumaier para a TV Evangelizar, a respeito do Novembro Azul.

Perguntas frequentes

Marque seu atendimento

Você gostaria de tirar dúvidas ou até mesmo pedir uma segunda opinião sobre o seu caso? Envie seu caso e entrarei em contato.

Fale comigo

Por favor, descreva o motivo de seu contato. Caso necessite de uma consulta, faça uma breve descrição dos sintomas que lhe incomodam.