Cálculo urinário

Cálculo urinário, também conhecido como “pedras nos rins”, é uma condição muito comum atualmente, com incidência aumentando nas últimas décadas e estimativa de prevalência entre 10-15% da população. Tanto homens quanto mulheres são acometidos com igual frequência.
calculo urinário

Fatores de risco

– Histórico familiar. – Adultos acima dos 40 anos. – Pouca ingesta hídrica. – Pessoas obesas. – Ingestão elevada de sal (sódio).

Sintomas

– Cólica abdominal intensas (normalmente referida como a pior dor, até mais forte que a dor de parto) ocorrem quando o cálculo migra para o ureter – Diferente do que a maioria da pessoas pense, a cólica ocorre pelo acúmulo de urina no rim, com sua distensão, e não pelo fato de o cálculo “arranhar” as paredes do ureter. – Eliminação de cristais através da urina. – Hematúria(Sangue na urina). – Náuseas e vômitos. – Dor ao urinar. – Necessidade urgente de urinar.

Prevenção

– Beba ao menos 2 litros de líquidos por dia. – Reduza a quantidade de sódio na dieta. – Reduzir ingestão de carnes (qualquer carne, seja frango, boi ou peixe). – Evite produtos industrializados.

Tratamentos

O tratamento do cálculo urinário varia de acordo com o tamanho e localização dentro do trato urinário. Pedras pequenas e nor rins, podem ser acompanhadas. Outras, maiores, podem ser “bombardeadas” com energia piezelétrica na tentativa de fragmentação do cálculo. Quando o cálculo já atingiu um tamanho considerável, o tratamento cirúrgico é recomendado. Hoje já dispomos de materiais endoscópicos seguros (ver vídeo), em que não há necessidade de cortes e o período de internação é bem curto, muitas vezes já recebendo alta no mesmo dia do procedimento.

Fale mais sobre
Cálculo urinário

Dr. Mark Neumaier participa no youtube do Hospital Marcelino Champagnat. Sobre sintomas urológicos aos quais prestar atenção.

Perguntas frequentes

Marque seu atendimento

Você gostaria de tirar dúvidas ou até mesmo pedir uma segunda opinião sobre o seu caso? Envie seu caso e entrarei em contato.

Fale comigo

Por favor, descreva o motivo de seu contato. Caso necessite de uma consulta, faça uma breve descrição dos sintomas que lhe incomodam.